Sem Censura Pará

Foto em destaque

tv cultura

Sem Censura Pará

São mais de 20 anos no ar com um estilo diferente de apresentar entrevistas, ao vivo, entre convidados de diversas áreas para discutir assuntos como política, economia, meio ambiente, saúde, comportamento, moda, arte, cultura, música e atualidades. O Sem Censura Pará é transmitido ao vivo de segunda à sexta, das 14h30 às 16h. Melhores momentos aos sábados, às 14h30.

Destaques
Programa também abordou o novo modelo de nota fiscal
24/04/2015 - 16:43
Caranguejo em conserva foi tema do "Sem Censura"

O auditor fiscal da Sefa José Guilherme Koury abriu o programa falando sobre o novo modelo de nota fiscal. Ele explicou que o modelo eletrônico já começa a ser emitido por algumas empresas, a partir do mês de junho, para o cidadão. O novo documento diminuirá as obrigações aos contribuintes de ICMS, além de facilitar o arquivo das notas, que são documentos digitais.

 

A “Casa Escola da Pesca” e a “Feira EducationUSA “ foram destaques
23/04/2015 - 16:20
‘Sem Censura’ aborda a profissionalização de jovens e adultos

A profissionalização de jovens e adultos foi  destque do “Sem Censura Pará” desta quinta-feira (23). A diretora da Casa Escola da Pesca, Maria de Fátima Seabra,  abriu o primeiro bloco do programa explicando sobre a metodologia de ensino da instituição. “A escola capacita os jovens para a atividade da pesca e aquicultura, o que gera mão de obra qualificada para o mercado”, disse. O projeto existe desde 2008 e é mantido pela Prefeitura de Belém, além de receber apoio de empresas privadas.

Universidades americanas também é tema do programa
23/04/2015 - 08:00
Casa Escola da Pesca é tema do ‘Sem Censura’

Foto: Tassia Barros/ Comus

O músico Salomão Habib contou as novidades do show “Rosa & Grão”
22/04/2015 - 16:24
Depressão foi tema do ‘Sem Censura’

O “Sem Censura Pará” desta quarta-feira (22) começou falando sobre a depressão. A psicanalista Ana Cleide Moreira esteve no primeiro bloco do programa destacando a banalização da doença, que não pode ser confundia com tristeza. Além disso, Ana Cleide falou da importância da família no processo de recuperação da pessoa diagnosticada com depressão e também do uso dos medicamentos. “O antidepressivo ajuda no tratamento do desânimo, mas não cura os traumas que deram origem ao sofrimento”, explicou.

 

Fotos
Foto em destaque
Foto em destaque
Twitter