Quiere comprar pastillas de potencia Venda De Viagra Brasil La entrega de tabletas se produce en la normal imperceptible el sobre y se respeta la confidencialidad de la.

Documentário "Ler de Paixão" será exibido para convidados

Imprensa

Documentário "Ler de Paixão" será exibido para convidados

Na próxima quinta-feira, 1º, às 19h, na Livraria Fox, em Belém.
Foto em destaque

Com direção de Júnior Braga e produção de Marbo Mendonça, a produção desvenda o universo lúdico da leitura na formação de leitores paraenses como crianças, jornalistas e professores. Também são exploradas iniciativas vitoriosas de incentivo à leitura como bibliotecas alternativas e espaços culturais. A jornalista Renata Ferreira é a responsável pela apresentação do documentário, que foi dividido em quatro temas, com reportagens de Cláudio Lobato, e texto final de Guaracy Britto Jr.

 

"O documentário surgiu da ideia de fazermos pequenas matérias especiais relacionadas à paixão pela leitura para o jornalismo da TV Cultura. Mas o material começou a ficar grande e percebemos que tinha muito assunto a ser explorado. Basicamente queremos mostrar porque as pessoas gostam de ler. Porque é importante ler? Queremos desvendar esse mistério conversando com todos os tipos de leitores", explica o jornalista Júnior Braga, diretor do documentário.

 

 

Com 48 minutos de duração, o documentário foi gravado no ano passado, em Belém. Foram dois meses de trabalhos intensos que envolveram mais de 15 profissionais da TV Cultura do Pará.

 

 

Utilizando uma linguagem dinâmica e poética, a produção aborda com sutileza a diferença entre livros físicos e virtuais como forma de trazer para a discussão os dois tipos de leitores e suas sensações. A leitura inclusiva também foi lembrada no documentário de forma singela, e mostra que no universo dos livros não há barreiras para o conhecimento. 

 

 

A produção percorreu vários espaços alternativos de leitura e bibliotecas de ilustres leitores paraenses como o jornalista Lúcio Flávio Pinto e o filósofo Benedito Nunes, falecido em 2011, e que tem o espaço mantido hoje sob a curadoria de Nelson Sanjad e Maria Regina Maneschy. A biblioteca do filósofo e escritor é hoje referência nos estudos em sociologia e filosofia no Estado.

 

 

"Não mostramos somente o hábito da leitura e nem pretendemos fazer um diagnóstico da leitura no Estado. Queremos mostrar a força da leitura como formação fundamental para o ser humano, mostrar a relação das pessoas com os livros, essa mágica da leitura. Por exemplo, o documentário mostra desde a criança que gosta de ler até um senhor de idade, que coleciona uns três mil livros. Então, conversamos com leitores como Lúcio Flávio que tem uns 50 mil livros, fomos visitar a biblioteca do Benedito Nunes, que deixou um legado muito grande em seu acervo e inúmeros outros leitores também", completa Marbo Mendonça.

 

 

Para o jornalista Guaracy Britto Jr., um dos entrevistados do documentário, a leitura é uma prática diária que começou desde muito cedo e que hoje faz questão de repassar para os filhos. Ele acredita que a prática como fator educacional constrói dentro do ser humano um campo enorme de conhecimento, seja do mundo, como de si mesmo.

 

 

"Sem leitura você não tem uma compreensão de mundo. Você tem a sua vivência, seu aprendizado diário, mas é importante você ter a leitura de qualquer coisa porque você cresce com isso. A partir da leitura você entra em contato com pessoas e pensamentos que no dia a dia você não teria. A leitura melhora o espírito, te evolui e aprimora como pessoa", finaliza Guaracy.

 

 

O documentário vai ficar disponível em breve no canal do Portal Cultura no youtube.