Quiere comprar pastillas de potencia Venda De Viagra Brasil La entrega de tabletas se produce en la normal imperceptible el sobre y se respeta la confidencialidad de la.

A diversidade musical paraense em foco no Sonora Pará

Tv Cultura

A diversidade musical paraense em foco no Sonora Pará

Artistas e realizadores participaram do lançamento da segunda temporada do projeto.
Publicado em 05/09/2017
Artistas e realizadores participaram do lançamento da segunda temporada do projeto.
A diversidade musical paraense em foco no Sonora Pará

Foto: Camila Lima / Portal Cultura

 

O trabalho, as experiências e um pouco da trajetória de doze artistas paraenses mostradas pelo olhar de doze realizadores independetentes a partir de documentários musicais que serão veiculados pela TV, Rádio e Portal Cultura. Tudo isso compõe a segunda edição do projeto “Sonora Pará”, uma realização da Cultura Rede de Comunicação e Governo do Pará e que foi lançado na noite desta segunda-feira (04), no Cine Líbero Luxardo (Centur), em Belém.

 

Com curadoria da cineasta Jorane Castro, nesta edição do projeto uma das novidades foi a participação de realizadoras como Larissa Bezerra, Ângela Nelly Gomes, Carolina Mattos e Adriana Oliveira que ao lado de Brunno Régis, Rodrigo Bittencourt, Afonso Gallindo, Vitor Souza Lima, Cristiano Santa Cruz, André dos Santos, Júnior Franch e Guto Nunes integram o grupo.

 

 A jornalista e documentarista Ângela Nelly Gomes, novamente selecionada para participar do projeto, destacou a proposta do Sonora Pará em trazer o olhar feminino para as produções. “Fico feliz de estar representando essa parte do audiovisual paraense, junto com as demais colegas que estão no projeto, mostrando que existem realizadoras e diretoras no setor do audiovisual, onde ainda é muito forte a presença da mulher ligada apenas à produção, aos bastidores. O Sonora Pará trouxe às mulheres a possibilidade de participar e de dirigir um projeto mais ativamente, desde a direção à criação, o que motiva todas as realizadoras que já estão no mercado audiovisual, bem como às estudantes da área, a participarem de projetos como esse”, finalizou Ângela.

 

Iva Rothe, cantora que participa do Sonora Pará com o vídeo da música "Maria do Pará" gravado exclusivamente para o projeto, falou da sua satisfação com o resultado final que foi exibido. "É uma enorme alegria tanto para mim, como para todos os artistas participantes. Todos os vídeos ficaram lindos e agradeço a Cultura pelo reconhecimento com o meu trabalho".

 

Além da participação de mulheres, outro diferencial desta edição foi mostrar artistas paraenses que desenvolvem projetos no eixo Rio/São Paulo, como Jaloo e Leila Pinheiro, por exemplo, bem como o interior do Pará e seus talentos musicais retratados nos documentários sobre Mestre Damasceno, da região do Marajó; o Clube Musical União Vigiense, do município de Vigia; e o grupo Espanta Cão, de Santarém.

 

Segundo a presidente da Cultura Rede de Comunicação, Adelaide Oliveira, o projeto alé, de inovar trazendo o olhar feminino, manteve a diversidade musical. “A produção musical paraense é diversa, é muito preciosa e rica. Não dá pra gente falar só dos artistas daqui do Pará. Muitos desses artistas estão morando fora, como a Leila Pinheiro que saiu muito jovem de Belém e não perde o vínculo com essa música e essa sonoridade. Desde o início quando decidimos essa segunda edição do projetoo nosso pressuposto foi o de garantir essa diversidade musical.

 

Exibição: A produção dos novos documentários musicais do Sonora Pará começou no segundo semestre de 2016 e serão exibidos em programa especial neste domindo (10), às 21h, pela TV e Portal Cultura através do link “TV ao Vivo”. Na internet já pode ser conferido o episódio com o talento do músico Jaloo, tanto na fan page quanto no canal do Youtube do Portal Cultura. Na Rádio Cultura FM os teasers começaram a ser veiculados no início de agosto passado e, a partir desta quinta-feira (07), entram os sposts de um minuto e meio.

 

Conheça os participantes (Realizadores e Músicos) desta edição do Sonora Pará:

 

Larissa Bezerra – Paulo José Campos de Melo

 

Brunno Régis – Iva Rothe

 

Rodrigo Bittencourt – Adamor do Bandolim

 

Afonso Gallindo – Wanderley Andrade

 

Vitor Souza Lima – Leila Pinheiro

 

Ângela Gomes – Clube Musical União Vigiense

 

Carolina Mattos – Luê

 

Cristiano Santa Cruz – Espanta Cão

 

Adriana Oliveira – Strobo

 

André dos Santos – MG Calibre

 

Júnior Franch – Jaloo

 

Guto Nunes – Mestre Damasceno