Quiere comprar pastillas de potencia Venda De Viagra Brasil La entrega de tabletas se produce en la normal imperceptible el sobre y se respeta la confidencialidad de la.

Pro Paz Enem Digital 2017 estreia na TV Cultura

Tv Cultura

Pro Paz Enem Digital 2017 estreia na TV Cultura

Exibição de quarta a sexta, às 8h e 17h30, com reprise aos sábados às 8h
Publicado em 26/09/2017
Exibição de quarta a sexta, às 8h e 17h30, com reprise aos sábados às 8h
Pro Paz Enem Digital 2017 estreia na TV Cultura nesta quarta

Foto: Camila Lima/ Portal Cultura

 

O Pro Paz Enem Digital está de volta para ajudar na preparação dos estudantes do Pará ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que este ano será aplicado nos dias 5 e 12 de novembro. Nesta quarta-feira (27) os aulões começam a ser transmitidos pela TV Cultura do Pará em dois horários: às 8h e 17h30, sempre de quarta a sexta-feira, com reprise aos sábados às 8h.

 

A terceira edição do Pro Paz Enem iniciou em junho deste ano, com aulões presenciais aos finais de semana em Belém e no interior do Estado e já atingiu mais de 16 mil alunos. Os aulões já passaram por Belém, Benevides, Santa Izabel, Castanhal, Curuçá, Abaetetuba, Breves, Paragominas, Parauapebas, Marabá, Tucuruí e Soure. Dados apresentados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), no mês passado, mostram que o exame teve 7.603.290 inscrições para sua edição de 2017, das quais 321.367 são provenientes do Pará.

 

"As aulas são realmente diferenciadas, queremos levar mais do que conteúdo, queremos levar motivação, reascender sonhos, estar perto de quem almeja tanto essa conquista. O Pro Paz Enem está além dos aulões, está nas redes sociais, com conteúdo exclusivo e gratuito para os alunos no site da Fundação Pro Paz e na fanpage do Pro Paz Enem no Facebook. Também estamos encartados no Jornal O Liberal, e com programas na TV Cultura, que devem começar ainda em setembro. Estaremos circulando pela capital e pelos municípios do interior com esses aulões até o último momento, pertinho das provas no dia 5 e 12 de novembro", disse o presidente da Fundação Pro Paz, Jorge Bittecourt.

 

Realizado pelo Governo do Estado, por meio da Fundação Pro Paz e em parceria com a Secretaria Estadual de Educação do Pará (Seduc) o Pro Paz Enem vem desde 2015 preparando estudantes da rede pública estadual para o exame, que será realizado nos dias 5 e 12 de novembro. Em dois anos de projeto, mais de 23 mil alunos já participaram das aulas, dos quais aproximadamente dois mil ingressaram nas Universidades Federal do Pará e do Estado do Pará, sem mencionar o acesso em entidades particulares de ensino.

 

"É um programa muito bacana, pois temos uma repercussão muito boas nas redes sociais dos alunos que assistem. Nós ficamos sabendo que até as pessoas nos cursinhos sintonizam a nossa programação para assistir as aulas. Então, essa parceria com o  Pro Paz é super benéfica para esse estudante que está se preparando pela escola pública, mas é legal também para aquele que está há muito tempo fora da escola. Através desses 40 dias de aulas, os estudantes podem relembrar os conteúdos e reforçar o que já aprenderam. O retorno é super positivo", finaliza Adelaide Oliveira, presidente da Cultura Rede de Comunicação.

 

Números

 

A maioria dos inscritos confirmados para o Enem 2017 já concluiu o Ensino Médio. Esse grupo de participantes representa 59,3% do total. Os concluintes em 2017 representam 31,9% dos inscritos e aqueles que concluirão o Ensino Médio depois de 2017 são 7,8% do total. Apenas 0,9% não está cursando e não concluiu o Ensino Médio. Em relação a 2016, aumentou o número de participantes concluintes, que passou de 20,4% para 31,9%; e diminuiu o número de participantes que fazem a prova em busca de uma autoavaliação, comumente chamados de treineiros. Eles eram 15,7% do total de participantes de 2016.

 

As mulheres continuam sendo a maioria: 58,6% das inscrições confirmadas são do sexo feminino. Os participantes do sexo masculino representam 41,4%. Em relação à cor/raça; 46,5% se autodeclararam pardos; 35,9%, brancos e 12,8%, pretos. Indígenas são 0,6% dos participantes confirmados em 2017.

Pro Paz Enem 2017