Quiere comprar pastillas de potencia Venda De Viagra Brasil La entrega de tabletas se produce en la normal imperceptible el sobre y se respeta la confidencialidad de la.

Cultura garante três categorias do Prêmio Fiepa de Jornalismo

Imprensa

Cultura garante três categorias do Prêmio Fiepa de Jornalismo

Entre as conquistas, a equipe da Rádio Cultura FM venceu o Prêmio Especial na categoria “Reportagem de Rádio”.
Cultura garante três categorias do Prêmio Fiepa de Jornalismo

Foto: Camila Lima / Portal Cultura

 

A Cultura Rede de Comunicação venceu três categorias do Prêmio Fiepa de Jornalismo 2017, realizado na noite desta quinta-feira (14), no Hangar - Centro de Convenções, em Belém. A premiação reconhece jornalistas paraenses que mais se destacaram durante o ano e premia as melhores reportagens com tema da indústria. 

 

Na categoria 'Profissionais do Ano', Jacob Serruya venceu como melhor repórter cinematográfico pela TV Cultura do Pará. O troféu foi entregue à esposa de Jacob, a jornalista Cássia Mesquita, que comemorou o prêmio inédito. "Foi o reconhecimento de 30 anos de trabalho. Ele não pôde estar aqui, mas está muito feliz e realizado", comemorou.

 

A jornalista Brenda Freitas, da Rádio Cultura do Pará, também garantiu troféu como melhor repórter de rádio do ano pela primeira vez. 

 

O Prêmio Especial Jornalista Raimundo Pinto, que reconhece as melhores reportagens de 2017, distribuiu R$ 50 mil divididos em quatro categorias. Neste ano foram inscritos 57 trabalhos jornalísticos. A Rádio Cultura FM foi a grande vencedora da categoria reportagem de rádio com a matéria "Tecnologia, produtividade e mercado de trabalho", de Iolanda kinoshita e produção de Joana Melo e Alexandre Lins, veiculada pelo Jornal da Manhã dentro da série "O Futuro do Trabalho". A equipe garantiu prêmio de R$ 12.500 e mais certificado. Vale lembrar que a emissora emplacou três matérias finalistas dentro da série, portanto, foi a grande vencedora da categoria.

 

Sobre a conquista do prêmio a jornalista Iolanda Kinoshita falou sobre a sensação de agradecimento à equipe do jornalismo da Rádio Cultura. Para o jornalista Fabrício Matos a premiação “foi o coroamento de um trabalho desenvolvido por uma equipe dedicada e apaixonada pelo que faz."

 

No ano passado, a Rádio Cultura garantiu primeiro lugar da premiação com matéria sobre a Lei Kandir, produzida por Carlos Reis, Rafael Rocha, Ivo Souza e Ana Teresa Brasil. Além disso, a repórter Cássia Nascimento ganhou prêmio de melhor Repórter de Rádio e Bebel Chaves ganhou como melhor Locutora.