Quiere comprar pastillas de potencia Venda De Viagra Brasil La entrega de tabletas se produce en la normal imperceptible el sobre y se respeta la confidencialidad de la.

Conexão ao vivo recebe mestre Coutinho e o Grupo Carimbó de Icoaraci

Rádio Cultura

Conexão ao vivo recebe mestre Coutinho e o Grupo Carimbó de Icoaraci

Dois grandes representantes do carimbó do Pará, eles são os convidados do programa desta sexta (02).
Publicado em 01/02/2018
Dois grandes representantes do carimbó do Pará, eles são os convidados do programa desta sexta (02).
Conexão ao vivo recebe mestre Coutinho e o Grupo Carimbó de Icoaraci

Foto: Divulgação

 

O programa desta semana vai trazer o mais tradicional e genuíno dos ritmos musicais paraenses: o carimbó. Para isso vai reunir dois grandes expoentes desse estilo no estúdio Edgar Proença, da Rádio Cultura FM: mestre Coutinho e o Grupo Carimbó de Icoaraci.

 

Mestre Coutinho – Pedro Nunes Coutinho, o mestre Coutinho, começou aos 7 rezando ladainha como contralto com Seu Adelino da Cruz Nunes, o “tio Zito”, convidado por Seu Antônio Maracanã, responsável pela festividade de Nossa Senhora da Conceição.

 

Atualmente com 79 anos de idade, esse filho de Barcarena mora no Distrito de Icoaraci há 65 anos. Em 1971, a convite do mestre Verequete, outro grande nome do carimbó no Pará, mestre Coutinho passou a integrar o grupo “Uirapuru”, conjunto essencial para a valorização e divulgação do carimbó como símbolo da identidade paraense e do qual Verequete foi o fundador.

 

Grupo Carimbó de Icoaraci. Foto: Divulgação

 

Grupo Carimbó de Icoaraci – O grupo nasceu em 2006 da reunião de músicos que participavam da roda de carimbó no Espaço Cultural “Coisas de Negro” e que, ao passar dos anos, foram formando um repertório híbrido a partir da junção do cancioneiro popular, das músicas autorais e da word music em versões regionalizadas. 

 

O conjunto é formado por Luizinho Lins (banjo e voz), Silvio Barbosa (flauta e sax), Alessandro (flauta), Giordan Faria (baixo), Rodrigo Buiú e Gleidson Carrera (curimbó) e Lourival Igarapé (maracas). Juntos eles formam a base do corpo musical que também tem a participação de outros músicos que integram a roda todos os domingos. 

 

Em 2015 foram agraciados, juntamente com vários mestres do carimbó, com a certidão que declarou o ritmo musical como patrimônio imaterial da cultura brasileira, formalizado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPHAN.

 

Toda essa musicalidade, tipicamente paraense, você confere no Conexão Cultura ao Vivo desta sexta-feira (02). O programa vai ao ar às 11h com transmissão simultânea pela Rádio, TV e Portal Cultura através dos links “Rádio ao Vivo” e "TV ao Vivo”. Não perca!