Quiere comprar pastillas de potencia Venda De Viagra Brasil La entrega de tabletas se produce en la normal imperceptible el sobre y se respeta la confidencialidad de la.

UFPA forma primeiro surdo no Mestrado

Tv Cultura

UFPA forma primeiro surdo no Mestrado

Lucival da Silva é o mais novo mestre do PPGECM da universidade
Publicado em 23/03/2018
Lucival da Silva é o mais novo mestre do PPGECM da universidade
UFPA forma primeiro surdo no Mestrado

Uma conquista para a comunidade surda de Belém e um marco histórico para a Universidade Federal do Pará (UFPA). Assim, o Biólogo, Pedagogo e professor de Libras, Lucival Rodrigues da Silva, de 38 anos, se tornou o primeiro surdo a obter o título de Mestre pela UFPA. Em sua dissertação, ele analisou a adaptação do ensino das Ciências para alunos surdos do ensino fundamental (6° e 7° ano). A pesquisa faz parte do Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemáticas (PPGECM) do Instituto de Educação Matemática e Científica (IEMCI).

 

Com o apoio da Coordenadoria de Acessibilidade (CoAcess) da instituição, a defesa de Lucival, que foi orientada pelo professor Dr. Elielson Sales, contou com a presença de Intérpretes de Libras.

 

O título de Mestre representa muito mais que um status acadêmico. Para Lucival, o êxito representa todas as barreiras enfrentadas pela falta do uso da Língua de Sinais nas escolas, e com a ausência do ensino bilíngue, muitos surdos têm dificuldade de desenvolver a língua portuguesa na modalidade escrita. “A principal dificuldade são os textos e as diferentes leituras. As ferramentas e a gramática da língua portuguesa são bem difíceis, por isso é muito importante praticar o português. É difícil? Sim. Mas é preciso arregaçar as mangas e praticar”, diz Lucival.

 

Além disso, surdos e ouvintes têm a mesma capacidade. “Eu quero que todos os surdos tenham oportunidade de passar no mestrado aqui da UFPA. Existem muitas barreiras, mas com persistência os surdos vão conseguir. Eu penso que no passado era bem mais difícil de conseguimos concluir um mestrado”, explica o professor.

 

Professor Elielson Sales

(Foto: Ana Paula Castro)

 

As universidades possuem um papel fundamental na garantia de oportunidades para as pessoas surdas.  “A Universidade Federal do Pará é muito importante, assim como a UEPA, que teve a Pamela Matos, a primeira surda mestre do estado do Pará. Então as universidades têm a responsabilidade de promover uma formação continuada para os surdos. Nós tivemos o apoio de um grupo de intérpretes da Coordenadoria de Acessibilidade da UFPA durante todo o processo”, informa o Coordenador do PPGECM, Elielson Sales.

 

O professor Elielson Sales tem proficiência em Língua de Sinais e por conta da sua fluência na língua natural da pessoa surda, as orientações não necessitaram da presença de intérpretes. Atualmente,o  Instituto de Educação Matemática e Científica (IEMCI), tem um processo seletivo totalmente adaptado para as pessoas surdas. “Durante o processo de inscrição, nós pedimos para que os candidatos se identifiquem, caso eles possuíam alguma diferença como a surdez e para a nossa surpresa no ano de 2016 surgiram dois surdos. A partir disso, nós nos movimentamos para adaptar o nosso processo seletivo com a presença de professores que entendem a particularidade da escrita da pessoa surda durante a correção da prova”, conclui Sales.

 

A passagem de Lucival pelo PPGECM mostra que a educação inclusiva é possível. Com isso, percebemos a mudança nos olhares e nos modelos educacionais, pois não existe uma turma de pessoas iguais, cada aluno é único e possui sua própria identidade.

 

Assista: