Quiere comprar pastillas de potencia Venda De Viagra Brasil La entrega de tabletas se produce en la normal imperceptible el sobre y se respeta la confidencialidad de la.

17 municípios paraenses estão com vacinação abaixo da meta

Rádio Cultura

17 municípios paraenses estão com vacinação abaixo da meta

Ministério Público Federal recomenda a adoção de medidas atingir a coberta vacinal
Publicado em 11/07/2018
Ministério Público Federal recomenda a adoção de medidas atingir a coberta vacinal
Foto em destaque

Reportagem: Claudio Lobato

Edição: Cássia Nascimento

Foto: Arquivo/ Agência Pará

 

Para um município ser considerado livre de uma doença, a cobertura vacinal deve atingir cerca de 95% da população alvo. No Pará, há 17 municípios com baixa cobertura. A situação trouxe à tona a discussão sobre o risco do retorno de doenças como a Poliomielite – conhecida antigamente como paralisia infantil – ou do sarampo.

 

O Ministério Público Federal emitiu um parecer ao Ministério da Saúde e às prefeituras que não cumpriram as metas de vacinação. Esses municípios terão que atender às recomendações do MPF. “A gente trabalha com um prazo razoável de 10 dias úteis para resposta após o recebimento do ofício e aí, caso não haja nenhuma resposta, nós marcamos um prazo cabal e há um dispositivo na lei civil pública que prevê uma modalidade de crime pelo descumprimento dessas informações”, detalha a procuradora dos direitos do cidadão, em Brasília, Deborah Duprat.

 

Para uma doença ser considerada erradicada, é preciso alcançar as estatísticas definidas pela Organização Mundial da Saúde. E no caso da pólio o risco é maior. “Como nós temos ainda alguns países na África que tem surto de poliomielite e com essa facilidade de você passar de um continente para o outro de uma maneira muito rápida, se você chega num determinado local e encontra crianças sem a proteção vacinal  você corre o risco de passar a ter casos de polio onde você não tinha”, explica a  coordenadora de imunização da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa), Jaíra Ataíde.

 

No Pará, a Sespa estima que 137 mil crianças menores de um ano precisam ser vacinadas.