Quiere comprar pastillas de potencia Venda De Viagra Brasil La entrega de tabletas se produce en la normal imperceptible el sobre y se respeta la confidencialidad de la.

Pará tem atendimento especializado para mulheres vítimas de violência

Rádio Cultura

Pará tem atendimento especializado para mulheres vítimas de violência

Pesquisa do CNJ aponta um aumento de 16% no numero de casos
Publicado em 12/07/2018
Pesquisa do CNJ aponta um aumento de 16% no numero de casos
Pará tem atendimento especializado para mulheres vítimas de violência
Reportagem: Iolanda Kinoshita
Edição: Cássia Nascimento
Foto: Arquivo/ Agência Pará
 
Pesquisa do Conselho Nacional revela que em 2017 foram registrados 388.263 novos casos de violência doméstica e familiar. O levantamento do CNJ aponta um aumento de 16% em relação ao ano anterior. 
 
Para dar mais celeridade na investigação desses casos, já está funcionando o Núcleo  Especializado de Oficiais de Justiça para o cumprimento de mandados judiciais em ações de violência doméstica e familiar. “Dos 157 oficiais de justiça que existe no Fórum Criminal vão ser tirados 25 que vão cumprir os mandados de violência doméstica”, informa o juiz Otávio Albuquerque, titular da 3ª vara de violência doméstica e familiar contra a mulher.
 
Propaz Mulher
 
No Pará, o Propaz Mulher reúne todos os serviços de apoio a mulheres em situação de violência. “Ele reúne a delegacia, atendimento psicossocial, Tribunal de Justiça, Ministério Público, Defensoria Pública e IML”, detalha a representante do Propaz, a psicóloga Priscilla Taveira.
 
Os dados da Fundação Propaz apontam que de março de 2012 a dezembro de 2016 foram feitos 96.095 atendimentos. Apesar dos avanços, quem luta pela garantia dos direitos da mulher acredita que mais políticas públicas devem ser criadas. 
 
“A gente tem a Secretaria de Políticas para as Mulheres que teve uma redução das suas ações, que era justamente a implantação de Casa das Mulheres em vários estados, tanto para o atendimento específico de mulheres vítimas de violência como para a formação dessas mulheres em várias áreas, além do fortalecimento e a melhora de equipamentos públicos com profissionais qualificados que tenham a leitura referente à condição da mulher”, aponta   Danielly Cristina, do Coletivo Feminista Matinta.
 
Atendimento
 
Além do novo Núcleo Especializado de Oficiais de Justiça, para denúncias existe o disque 180 ou a Delegacia de Atendimento Especializado a Mulher, que funciona 24 horas e fica localizada na travessa Mauriti, próximo a Avenida Duque de Caxias.