Quiere comprar pastillas de potencia Venda De Viagra Brasil La entrega de tabletas se produce en la normal imperceptible el sobre y se respeta la confidencialidad de la.

Campanha busca reeditar obras de Dalcídio Jurandir

Campanha busca reeditar obras de Dalcídio Jurandir

Projeto pretende recolocar nas estantes brasileiras obras esgotadas do autor
Campanha busca reeditar obras de Dalcídio Jurandir

 Foto: Divulgação

 

A Pará.grafo Editora iniciou seu terceiro projeto de financiamento coletivo para reeditar os romances “Chove nos campos de Cachoeira” e “Chão dos Lobos”, do escritor paraense Dalcídio Jurandir, e que se encontram esgotados atualmente. A campanha vai ficar no ar entre os dias 20/10 e 19/12 no site Catarse.

 

A campanha – Após o sucesso nos dois projetos anteriores que ajudaram a reeditar os livros “Ponte do Galo”, “Três Casas e um Rio” e “Os Habitantes”, todos esgotados há décadas, a Prá.grafo Editora, de Bragança (PA), segue seu projeto de recolocar nas estantes brasileiras as demais obras de Dalcídio Jurandir.

 

São edições com apurado acabamento gráfico, ilustrações internas e em versão e-book. Os apoiadores recebem como recompensa exemplares numerados, miniaturas do autor, camisas, ilustrações originais e únicas usadas na edição, a possibilidade de ter o nome impresso no livro, entre outras opções. A editora também oferece condições especiais para as livrarias e empresas interessadas em apoiar o projeto.

 

O autor – Dalcídio Jurandir (1909-1979) nasceu em Ponta de Pedras, Ilha do Marajó, e faleceu no Rio de Janeiro. Escreveu onze romances, dos quais dez formam o chamado Ciclo do Extremo-Norte. Recebeu com eles o Prêmio Machado de Assis, da Academia Brasileira de Letras pelo conjunto da obra, em 1972. Teve edições de seus livros em Portugal e na Rússia. Colaborou como jornalista e cronista em diversos jornais e revistas regionais e nacionais. É considerado por muitos como o maior romancista da Amazônia e um dos principais autores brasileiros do século XX.

 

Sobre a editora – Localizada em Bragança (PA), nordeste paraense, a Pará.grafo Editora visa a reedição de obras literárias importantes do Pará e da Amazônia que se encontram fora de circulação. Além de Dalcídio Jurandir, de quem pretende relançar todos os títulos, a editora vai trabalhar com outros autores fundamentais da nossa cultura, cujos livros se tornaram raros ou completamente esgostados.