Quiere comprar pastillas de potencia Venda De Viagra Brasil La entrega de tabletas se produce en la normal imperceptible el sobre y se respeta la confidencialidad de la.

Projeto do Hospital Metropolitano recebe prêmio nacional

Projeto do Hospital Metropolitano recebe prêmio nacional

Premiação foi para o laboratório do hospital voltado à produção de órteses de baixo custo
Projeto do Hospital Metropolitano recebe prêmio nacional

O Laboratório de Tecnologia Assistiva (Labta) do Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE) recebeu do Ministério da Saúde o prêmio InovaSUS, na categoria ‘Gestão Solidária’. O Labta concorreu com outras 193 iniciativas de todo o país e com essa conquista o projeto vai receber R$ 250 mil. A cerimônia de premiação acontece no próximo dia 20 de novembro, em Brasília (DF).

 

A comissão avaliadora do InovaSUS aferiu os benefícios do laboratório no Sistema Único de Saúde. O HMUE, unidade do Governo do Pará gerenciada pela Pró-Saúde Associação Beneficente de Assistência Social e Hospitalar, é o único hospital do país com laboratório próprio para a produção de órteses de baixo custo.

 

Inaugurado no último mês de junho, o Labta foi criado para atender, sob encomenda, vítimas de traumatismos e queimaduras que precisam de órteses para imobilização de partes do corpo e recuperação de movimentos pós-alta.

 

Formado por fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais e fonoaudiólogos, desde sua criação o projeto já beneficiou 230 pacientes com o fornecimento de 310 dispositivos de tecnologia assistiva.

 

Sobre o HMUE – Referência no tratamento de média e alta complexidade em traumas e queimaduras para a Região Norte do país pelo Sistema único de Saúde, o hospital, localizado em Ananindeua (Região Metropolitana de Belém), possui 198 leitos para pacientes de diversas especialidades, além de leitos de UTI. Além da Região Metropolitana de Belém, o hospital recebe pacientes de diferentes municípios do Pará e de outros estados e realizou, em 2018, meio milhão de atendimentos, entre consultas, cirurgias e exames.

 

Foto: Agência Pará