Quiere comprar pastillas de potencia Venda De Viagra Brasil La entrega de tabletas se produce en la normal imperceptible el sobre y se respeta la confidencialidad de la.

Confirmados mais dois casos de Covid-19 no Pará

Rádio Cultura

Confirmados mais dois casos de Covid-19 no Pará

Governador do Estado esclareceu a situação em entrevista coletiva
Publicado em 22/03/2020
Governador do Estado esclareceu a situação em entrevista coletiva
Confirmados mais dois casos de Covid-19 no Pará

O Governador do Estado do Pará, Helder Barbalho, confirmou mais dois casos da Covid-19 no Estado em entrevista coletiva concedida neste domingo (22). Os pacientes são: uma senhora, de 44 anos, que veio do Rio de Janeiro num voo com escala em São Paulo e chegou a Belém no dia 13 de março; e um senhor de 53 anos, que esteve em um evento em São Paulo e chegou a Belém no dia 16 de março. Os dois pacientes encontram em isolamento domiciliar e o estado de saúde é estável.

 

Com isso, sobe para quatro o número de casos confirmados no Pará, contabilizando ainda 207 casos suspeitos e 101 casos descartados. Todos os casos confirmados são em Belém e foram originados de viagens ao Rio de Janeiro e São Paulo. Dessa forma, não há confirmação sobre contaminação comunitária dentro do estado.

 

O Governador ainda falou sobre o cancelamento do voo, que viria do Suriname para Belém, e das medidas adotadas para combater a disseminação do coronavírus. Confira:

 

- O voo que vinha de Suriname para Belém foi cancelado. O Governo do Pará continua dialogando com o Governo Federal para organizar o regresso dos brasileiros, para identificar quem são esses passageiros e garantir a saúde de quem precisa regressar e de quem está aqui no Brasil.

 

- Hoje foi o primeiro dia campanha para ajudar os moradores de rua de Belém e já teve grande adesão, com doações de empresas e da população. O ponto de recebimento das doações continua no portão B2 do Mangueirão.

 

- A estrutura montada no Mangueirão está preparada para atender até 1000 moradores de rua, com o apoio da Sespa, que está com profissionais de saúde no local para garantir o atendimento desses moradores.

 

- A partir de hoje a noite, um ônibus do Governo estará nas ruas para levar os moradores de rua para o Mangueirão.

 

- A partir desta segunda (23),  estará sendo realizado o mesmo trabalho de abrigo aos moradores de rua no Centro de Convenções de Marabá, e no Estádio Colosso do Tapajós, em Santarém.

 

- Já está valendo a proibição do transporte interestadual coletivo, rodoviário e fluvial, desde a meia noite de hoje. A proibição também inclui a ferrovia de Carajás, suspendendo o serviço de transporte de passageiros.

 

- Campanha de doação de sangue já possibilitou um aumento no número de doadores nas últimas 48 horas, mas é importante que as pessoas, que estejam em bom estado de saúde e preencham o perfil para serem doadores, contribuam e compareçam ao hemocentro mais próximo para fazer a sua doação de sangue.

 

- Campanha de vacinação: a estrutura está pronta e a campanha começa a partir de amanhã para idosos e profissionais de saúde, ficando até 15 de abril. A vacinação estará disponível em todas as unidades básicas de saúde do Estado, além dos 32 novos postos para descentralizar o atendimento, sendo 13 supermercados, 13 farmácias e 6 estacionamento de shoppings centers (esses últimos funcionarão no estilo drive-thru). O nome e local desses postos serão divulgados pelas Redes Sociais do Governo.

 

- Não há toque de recolher no Estado, mas os agentes de segurança estão nas ruas para orientar a população  da importância de ficar em casa neste momento.

 

- Continuam proibidos os funcionamentos em bares, shoppings, casa de shows e restaurantes (esse último, está liberado para entrega domiciliar ou para que o cliente pegue a refeição no balcão e não permaneça no local).  Supermercados, farmácias e laboratórios seguem abertos, sem risco de desabastecimento de alimentos.

 

- Testagem de paciente em casa só por meio de decisão da Sespa.

 

- População indígena: estão sendo providenciados abrigos para auxiliar no atendimento da população indígena. O Governo está em diálogo com a Funai para assegurar que a saúde dos ingenas seja protegida.

 

- Para auxiliar cooperativas, micro e pequenos empreendedores nesse período de crise, será disponibilizado o Programa Esperança pelo o Banpará. Trata-se de um crédito de até 15 mil, com juros de 0,2%, 36 meses de amortização e carência de 90 dias para começar a pagar. Trabalhadores informais, como motoristas de aplicativos, podem se organizar em cooperativa para ter os requisitos para o crédito. O Governo disponibiliza 100 milhões para o Programa Esperança.

 

- Aos demais empresários que precisam arcar com folha de pagamento, será disponibilizado, pelo Banpará, um crédito de até 50 mil reais, para dar fluxo de giro para as empresas, com juros a 1%.

 

- Feiras de Belém: mercados de rua não são proibidos, mas estamos orientando para que as pessoas não se aglomerem.

 

- Ceasa: será divulgado funciona em escala de atendimento, que será divulgada pelas Redes Sociais.

 

- A orientação aos hospitais é de suspender as cirurgias eletivas. Demais tratamentos devem continuam normalmente.

 

- Cronograma de inaugurações: o Hospital Regional de Castanhal deve ser aberto em 15 dias. Hopstial Regional de Itaituba e o Hospital Regional de Castelo dos Sonhos, na Região Oeste, devem ser abertos daqui a 30 dias.

 

- Voos comerciais internacionais estão suspensos.

 

- Igrejas: não saõ proibidas de funcionar, porém estão sendo orientadas a modificar as suas celebrações, de presencial para as as formas digitais.

 

- Os bancos são essenciais para o dia a dia da população, então continuam funcionando. Porém, está sendo cobrado que os bancos reforcem as suas plataformas digitais para melhorar os atendimentos.

 

- O policiamento continua nas ruas, assim como os bombeiros e Polícia Civil. Nesta segunda (23) está chegando mais equipamentos, como máscaras e luvas, para que esses profissionais trabalhem protegidos.

 

Foto: Marcos Santos/ Agência Pará